Investir em publicidade online é um dos tiros certos do momento. Com a evolução e democratização da internet, o número de pessoas com acesso aumenta a cada ano e, quem quiser vender mais, precisa estar lá.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo IBGE, o Brasil fechou 2016 com 116 milhões de pessoas conectadas à internet. Claro que temos muito a melhorar, considerando que este número corresponde a apenas 64% da população nacional acima de 10 anos. Mas a verdade é que, se o seu público já está online, é online que o investimento tem que estar.

Leia também:

Peças publicitárias para eventos: 10 materiais que podem te ajudar

Em qual mídia social minha marca deve estar?

E para saber onde exatamente investir, é só seguir os números. A pesquisa do IBGE diz que 94% dos internautas acessam a internet via celular, o que já aponta uma necessidade: adaptar anúncios e páginas ao formato das telas de smartphones, ou seja, aplicar o famoso design “responsivo”.

Outro dado importante para avaliar é que 94,6% dos usuários dizem que a atividade principal na internet é a troca de mensagens de texto, voz ou imagem pelos aplicativos de bate-papo. E assistir vídeo é a segunda atividade mais praticada. Interessante notar que outro estudo, desta vez do IAB (Interactive Advertising Bureau), mostra que a publicidade em vídeo é que mais tem crescido. O investimento na categoria cresceu 115% em 2016, sendo que na publicidade online em geral foi de 26% no mesmo ano.

E aí, que tal apostar em estratégias online para alcançar seu público-alvo em cheio?

5 opções para investir em publicidade online

Quem nunca se deparou com um banner web enquanto navega na internet ou nunca viu um post patrocinado rodando pelo Facebook ou Instagram? Estas são uma das opções para quem busca investir em publicidade online. Veja 5 opções para incluir já na sua estratégia de marketing:

1. Buscas

Este é um dos meios mais comuns de anúncios patrocinados na internet, conhecido como SEM – Search Engine Marketing. Diferente do SEO, o SEM coloca anúncios pagos nos primeiros resultados de busca (SERP), deixando bem claro para o usuário a diferença. A ferramenta mais comum para publicação é o Google AdWords.

2. Display

Outra estratégia muito comum (talvez a mais comum) é o anúncio em forma de display, ou o banner web. Estes foram os primeiros tipos de propaganda na internet e certamente você já se deparou com vários durante uma navegação. Normalmente são direcionados a etapas decisivas no processo de compra do cliente anunciando um produto já acessado em outra página. Mas também têm os banners que, com uma boa segmentação, apresentam um novo produto ao público-alvo.

3. Social Media

A publicidade nas mídias sociais pode ser uma boa saída devido ao grande número de pessoas presente nas redes – Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn… Basta alinhar seus objetivos e investir nas mídias onde seu público está mais presente.

4. Vídeos

Inserir publicidade em vídeos do YouTube, por exemplo, pode ser uma ótima estratégia, já que esta parece ser uma das atividades online que mais tem interessado internautas. O público jovem, por exemplo, já prefere acompanhar canais no YouTube a assistir televisão. A questão aqui é saber como ganhar a atenção do público nos primeiros segundos de um vídeo ou investir para que o seu vídeo apareça como conteúdo patrocinado nos resultados de busca do site.

5. Streaming

Alguns sites ou aplicativos de streaming permitem a veiculação de publicidade – a versão gratuita do Spotfy, por exemplo, é um deles. O segmento está crescendo com a serviços de música e filme, basta ficar de olho e aproveitar as oportunidades.

A Saber5 tem muita experiência quando o assunto é publicidade na internet. Conheça nosso portfólio e saiba como podemos te ajudar.

Posts relacionados

O brasileiro na internet

Comparado com o resto do mundo, o Brasil é um país altamente conectado: 67% da nossa população tem acesso à internet, já nos outros países esse número cai para 53%, segundo o relatório Brazil Digital Report. Passamos a maior parte do tempo nas redes sociais,...

ler mais

Coisa Mais Linda, uma série poderosa

Título: Coisa Mais Linda Ano de produção: 2019 Distribuidora: Netflix Direção: Heather Roth e Giuliano Cedroni Quem indica: Carla Ramalho No final da década de 50, Maria Luiza, interpretada por Maria Casadevall, mora em São Paulo e é totalmente dependente dos homens...

ler mais
Share This