Precisa se destacar nas buscas do Google? Vamos te dar 5 dicas de SEO que você precisa saber para começar este trabalho e aumentar a visibilidade da sua página organicamente, ou seja, sem ter que pagar por um anúncio.

Quem precisa ganhar visibilidade na internet hoje em dia – seja para gerar leads, aumentar vendas, ganhar mais acessos e clientes – só pensa em uma coisa: SEO (Search Engine Optimization do inglês). Para ganhar notoriedade online, é preciso investir em estratégias de otimização de busca, ou seja, técnicas que sejam agradáveis aos olhos dos robôs do Google e que tenham potencial para te colocar entre os primeiros resultados de uma pesquisa.

Você sabia que 90% das pessoas que fazem busca no Google clicam apenas nos resultados da primeira página*?

Apenas estar na internet não basta para aparecer na primeira página de sites de busca como o Google. Antes de começar a aplicar técnicas de SEO também é preciso garantir que alguns passos foram dados: você conhece o seu público? Está preparado para levar resposta às necessidades dele? É preciso conhecer a intenção de pesquisa do público-alvo para definir palavras-chave, por exemplo, que vão facilitar que ele chegue até você.

É bom lembrar que são raras as vezes em que uma busca é feita com menção ao nome da sua marca ou empresa. Se o seu público está procurando hotel, provavelmente a busca será por “hotel em” junto ao nome do destino. A procura, na grande maioria das vezes, é pelo melhor preço e não por um estabelecimento específico.

Então como ter um bom ranqueamento no Google e aparecer entre os primeiros resultados oferecidos ao usuário? Uma vez que você entendeu o seu público e sabe o que oferecer a ele, é aí que começamos a falar de SEO.

Leia também:

Como marcar presença online

5 mitos do marketing digital

O que os mecanismos de busca querem encontrar?

Primeiro é preciso entender que o Google tem robôs que funcionam como rastreadores e que entram e leem todas as páginas da internet, separando o que encontram por categoria. Quando essa organização acontece, alguns parâmetros são levados em consideração:

  • Análise semântica (se o conteúdo oferecido pela página faz sentido de acordo com a palavra-chave estabelecida)
  • Qualidade do conteúdo (como e se realmente responde ao que o usuário está buscando)
  • Interação com o leitor (o tempo de permanência na página)

Vamos aos primeiros passos?

5 dicas básicas para começar a otimizar sua página

Defina uma ou mais palavras-chave

A palavra-chave em foco deve aparecer pelo menos no título, no primeiro parágrafo e na URL da página. É desejável que ela apareça ao longo do texto também, mas para não ficar repetitivo e forçado, opte por variações.

Ofereça um conteúdo com qualidade e chamativo

O conteúdo deve ser relevante ao público, oferecendo respostas e ajuda. É importante lembrar que o Google também identifica conteúdo de baixa qualidade para poder otimizar o resultado de seus usuários e oferecer só o que entender que é bom.

Para prender a atenção do público e aumentar o tempo de permanência, é preciso criar títulos e introdução chamativos, já dizendo o que o leitor vai encontrar ali o que ele quer. O ideal é que o texto de um blog tenha, em média, 2.500 palavras, o Google dá prioridade para conteúdo mais completo.

Inclua links internos e externos

Relacione o seu conteúdo com outros já publicado no seu site, mas também link a sua página a outras, principalmente com boa reputação no Google (aquelas que aparecem nos primeiros lugares das buscas).

Descreva as imagens

Os robôs de busca não conseguem ler imagem – basicamente só consegue identificar o que é texto. Por isso, é importante que o nome da imagem tenha a palavra-chave em questão e que uma descrição seja acrescentada (isto é o mais importante!). Além de falar a língua dos robôs, é uma medida de acessibilidade e serve para os leitores de tela usados por deficientes visuais.

Seja mobile friendly

Hoje em dia deve estar fora de cogitação ter uma página não-responsiva. Segundo o IBGE, mais de 90% dos brasileiros já costumam acessar a internet por meio de telefone celular.

 

*Fonte: Protofuse

Posts relacionados

O brasileiro na internet

Comparado com o resto do mundo, o Brasil é um país altamente conectado: 67% da nossa população tem acesso à internet, já nos outros países esse número cai para 53%, segundo o relatório Brazil Digital Report. Passamos a maior parte do tempo nas redes sociais,...

ler mais

Coisa Mais Linda, uma série poderosa

Título: Coisa Mais Linda Ano de produção: 2019 Distribuidora: Netflix Direção: Heather Roth e Giuliano Cedroni Quem indica: Carla Ramalho No final da década de 50, Maria Luiza, interpretada por Maria Casadevall, mora em São Paulo e é totalmente dependente dos homens...

ler mais
Share This