Anunciar no Facebook pode ser um tiro certeiro para o sucesso de uma campanha se o planejamento e a execução forem feitos do jeito certo. Um anúncio mal segmentado pode significar perda de dinheiro e um retorno muito abaixo do esperado. Para fugir dessa enrascada e aproveitar bem os recursos da rede social mais popular do mundo, é importante prezar por algumas características que não podem faltam em um anúncio publicado no Facebook.

Leia também: 

Público-alvo: seu trabalho gira em torno dele

Pare de tentar vender: seu público-alvo quer soluções

As regras valem tanto para os anúncios veiculados na coluna da direita quanto para o que aparecem no feed de notícias. Os formatos são variáveis, mas é preciso saber como aplicar estratégias que funcionem bem em cada um deles. Pesquise antes de começar uma campanha, descubra como seus concorrentes e outras têm anunciado e coloque a criatividade para funcionar. Mas atenção! A criatividade tem que ser aplicada na medida certa, com cuidado para que a mensagem seja passada de uma maneira clara e direta.

Saiba mais sobre os tipos e tamanhos de anúncios para as mídias sociais neste post do HubSpot (em inglês).

Veja abaixo 5 componentes que não podem faltar em um anúncio de responsa.

 

Tudo o que o seu anúncio para Facebook precisa ser

1.       Visual

Os algoritmos do Facebook estão o tempo todo mudando, e uma das coisas que é aprimorada o tempo todo é a preferência por anúncios visualmente interessantes. Com uma imagem envolvente fica mais fácil chamar a atenção do público. Segundo informação do Hubspot, 90% das informações transmitidas ao cérebro são visuais.

2.       Relevante ao público-alvo

Se ter uma imagem chamativa é importante, ser relevante é fundamental. O Facebook quer oferecer ao seu público um conteúdo que seja realmente relevante, então seus algoritmos trabalham para mostrar anúncios que realmente sirvam para o público indicado na configuração da campanha. Se o público não estiver ajustado com o conteúdo, você estará pagando por uma campanha que certamente não vai trazer retorno.

3.       Proposição de valor

Por que alguém clicaria em um anúncio seu? Para que alguém queira clicar em um anúncio é preciso oferecer algo, como os descontos e promoções.

4.       Call to action claro e objetivo

O público-alvo deve ser informado do que fazer após ler um anúncio e o call-to-action (CTA) é quem tem essa função na peça. Frases como “compre agora” ou “garanta agora o menor preço” reforçam o incentivo para que as pessoas cliquem no anúncio.

5.       Texto simples e direto

A imagem é o que causa o maior impacto no primeiro contato do anúncio com o público. Mas depois de ganhar a atenção daquela pessoa, é preciso dar detalhes e segurar a atenção, até que ela complete a ação. Por isso, um bom texto – simples, direto ao ponto e com informações convincentes – não pode ficar de fora de um anúncio para o Facebook. E para que o texto cumpra o seu papel, é preciso estar alinhado com a linguem do público-alvo.

Posts relacionados

O brasileiro na internet

Comparado com o resto do mundo, o Brasil é um país altamente conectado: 67% da nossa população tem acesso à internet, já nos outros países esse número cai para 53%, segundo o relatório Brazil Digital Report. Passamos a maior parte do tempo nas redes sociais,...

ler mais

Coisa Mais Linda, uma série poderosa

Título: Coisa Mais Linda Ano de produção: 2019 Distribuidora: Netflix Direção: Heather Roth e Giuliano Cedroni Quem indica: Carla Ramalho No final da década de 50, Maria Luiza, interpretada por Maria Casadevall, mora em São Paulo e é totalmente dependente dos homens...

ler mais
Share This